Contato

Fones p/ contato: Claro 83 9196 6079
Tim 83 9828 8984

quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013

FUTEBOL

Em jogo tumultuado, Genivaldo pega pênalti e Bota-PB vence o Nacional-P

Invasão de campo, agressão ao árbitro e expulsões marcam a vitória do Belo por 2 a 1, de virada, em pleno Estádio José Cavalcanti, em Patos

 Em um jogo tumultuado, com invasão de campo, agressão ao árbitro e duas expulsões após o apito final, o Botafogo-PB venceu o Nacional de Patos de virada, por 2 a 1, nesta quarta-feira de cinzas, em pleno Estádio José Cavalcanti. A partida foi válida pela 10ª rodada do Campeonato Paraibano.
O Naça saiu na frente com gol de Williams, aos 26 minutos. O Belo empatou ainda no primeiro tempo com Thuran, aos 42 minutos, e virou com Warley, aos 27 do segundo. E foram principalmente os lances dos gols do Alvinegro que causaram as confusões na partida.
Jogadores e dirigentes do Nacional reclamaram de inversão de faltas e de favorecimento de lances ao Botafogo. No intervalo, o árbitro Antônio Carlos Rocha chegou a ser agredido por um integrante da comissão técnica do Alviverde. No final da partida, Demétrius e Lúcio protestaram contra o árbitro e acabaram expulsos. Segundo os atletas, Antônio Carlos não teria marcado falta de Wanderley no goleiro Mauro Iguatu.
nacional de patos x botafogo-pb - campeonato paraibano (Foto: Damião Lucena / Globoesporte.com/pb)Nacional de Patos x Botafogo-PB fizeram um jogo duro do José Cavalcanti
(Foto: Damião Lucena / Globoesporte.com/pb)
Nacional começa bem, sai na frente, mas cede o empate

Com a bola rolando, o time alviverde até que deu a impressão de que iria conseguir a recuperação no campeonato, depois de duas derrotas seguidas para Auto Esporte e Treze. Abriu o placar aos 26 minutos com o meia Williams. Depois de receber bom passe dentro da área, o camisa 8 driblou o goleiro Genivaldo e tocou para as redes.
nacional de patos x botafogo-pb - campeonato paraibano - confusão em campo (Foto: Damião Lucena / Globoesporte.com/pb)
Confusão em campo após o gol do Botafogo
(Foto: Damião Lucena / Globoesporte.com/pb
)
Depois disso, o Botafogo começou a gostar da partida e chegou ao empate aos 42 minutos. Após cobrança de falta de Zadda na área, o zagueiro Thuran completou de peixinho para as redes do goleiro Mauro Iguatu. Era o empate e o início das reclamações.
Quando o árbitro apitou o final do primeiro tempo, jogadores e dirigentes do Nacional o cercaram ainda no gramado, reclamando de marcações de faltas invertidas e alegando que a falta que originou o gol de empate do Belo foi "inventada".
A Polícia Militar precisou ser acionada e os times foram para os vestiários depois que os ânimos foram acalmados.
Botafogo vira, Genivaldo defende pênalti e partida termina com mais confusão
Genivaldo defende pênalti do Nacional de Patos nos minutos finais (Foto: Damião Lucena / Globoesporte.com/pb)
Genivaldo defende pênalti do Nacional de Patos nos
minutos finais do confronto realizado no Sertão
(Foto: Damião Lucena / Globoesporte.com/pb)
O segundo tempo foi bastante movimentado. E tumultuado. Aos 27 minutos, o Botafogo virou com Warley. Depois de dividida de Wanderley com o goleiro Mauro Iguatu, a bola sobrou para o artilheiro, que mandou para as redes. No lance, o goleiro Mauro Iguatu ficou caído e os jogadores do Nacional reclamaram da arbitragem, alegando que Wanderley teria feito falta no goleiro.
O camisa 1 do Nacional acabou sendo substituído por César. Mas apesar de sofrer o gol da virada, o Canário do Sertão teve uma grande chance de empatar, aos 39 minutos. Depois de chute de Ruan, o goleiro Genivaldo fez grande defesa, mas a bola sobrou para Williams. O meia driblou o goleiro do Belo, que o derrubou: pênalti. O zagueiro Lau foi para a cobrança e Genivaldo fez a defesa.
No final da partida, nova confusão, com os jogadores do Nacional indo para cima do árbitro, reclamar do lance do segundo gol. Na discussão, Demétrius e Lúcio acabaram expulsos. E o Nacional acabou mesmo acumulando a terceira derrota seguida. Já o Belo segue líder com 26 pontos e invicto. O Alvinegro pode se classificar para a fase final do Estadual já na próxima rodada, quando enfrenta o Treze em João Pessoa no domingo.
O Naça, por sua vez, estacionou na quinta posição com 10 pontos, e permanece próximo da zona de rebaixamento. Na próxima rodada, o Alviverde vai a Itaporanga encarar o Cruzeiro no Estádio Zezão.
Fonte - http://globoesporte.globo.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário